PESSOAS MAIS DO QUE ESPECIAIS...

Pages

31 de out de 2011

.


TÔ BÃO NÃO 
(sempre às segundas feiras)
Bem cedo saí à caça de um leão que pudesse me ajudar a expressar toda a minha alegria... todo o meu contentamento... toda a minha euforia... por hoje ser 2ªfeira.
Alguns rugiram, não querendo colaborar... melhor deixar o bicho quieto então, né? Vai que...!!!
Nessa empreitada mata adentro, acabei por ouvir um “piado” vindo de mais adiante... piado não, parecia mais um lamento... um choro piedoso, um som de quem está sofrendo as dores do mundo (risos).
Curioso (claro), destemido (nem tanto), fui ver do que se tratava. 
Mas, por precaução, arma em punho e me benzi 3 vezes.
Meninas e meninos... quando olhei num galho, no galho dos mais altos, quascaí de costa!
Sim, é exatamente a coruja que você vê acima... Linda, maravilhosa, esplendorosa... e com cara de 2ª feira.
Não..., porque a expressão dessa coruja consegue realmente traduzir toda a minha disposição para este dia que deveria ser o dia nacional do TÔ BÃO NÃO!!! DO NOT DISTURB...  (risos).
A segunda feira já começa por estragar o meu domingo... (só de pensar que amanhã é 
segunda...), e isso fica martelando na cabeça. TÔ BÃO NÃO.
Toda segunda é dia do Halloween, já percebeu isso?
Já reparou na feição daquela atendente... do jornaleiro... do seu Zé da padaria... 
do cobrador (ah... esse não vale).
Claro, é tudo diferente. Todos com cara de que foram atropelados por um burrico sarnento e sem freio nas patas trazeiras, ou por um fusca cor de rosa numa estrada que só cabe uma bicicleta...  é sério. Essas coisas são assim mesmo e acontecem (só nas 2ªs).
Mas será que só eu percebo isso? TÔ BÃO NÃO.
Mas, voltando ao meu achado.
Acho que essa coruja ainda não foi catalogada... nunca ninguém viu ou ouviu o piar de uma coruja numa segunda feira de Halloween... só eu! TÔ BÃO NÃO.
E digo a vocês: é de arrepiar e querer voltar correndo para a cama para só acordar daí a 24h (então já é terca???)
Darei então um nome à ela. Algo como Pichinchae õ[õ Secundaferia horrore Abrancheaemas aceito sugestões.
A expressão dos olhos dessa maluca é de entediar qualquer um, mesmo na terça.. quarta...
(mais risos).
Portanto, mais uma vez digo a vocês que hoje eu não pago conta, não discuto futebol, 
não tiro meu extrato bancário, não comento sobre o novo corte de cabelo da Sra. Abranches (aliás isso eu não tenho coragem de fazer em dia algum da semana   kkkk), nem pensar...
TÔ BÃO NÃO.

Tenham todos uma semaninha de muitas alegrias, luz no coração e trabalho profícuo.
Fiquem com Deus.

Uma curiosidade: Mais recentemente, de um sacolejo epistemológico da transdisciplinaridade, surgiu a interpretação temporo-espacial criada da menáge a trois entre a Biologia, a História e a Sociologia que desconstrói o calendário e afirma que a obrigatoriedade do trabalho nas Segundas-Feiras deve ser abolida, extirpada.
Interessante...

24 de out de 2011

.


TÔ BÃO NÃO...!!!
(porque hoje é o dia depois do dia antes do dia antes de amanhã...)


Fale a verdade...!? Não é um dia esquisito?
TÔ BÃO NÃO...!
Se fosse bom seria chamado de primeira feira, mas não!
É um dia cheio de segundas intenções... dia de segunda classe, de segunda categoria...
TÔ BÃO NÃO...!
Na verdade trata-se de um dia “vice” como vice-presidente, vice-governador... ninguém quer ver ou dá a menor importância.
Um dia atrasado que chegou em segundo lugar e que, segundo os estudiosos, um dia para só acordar no dia seguinte.
TÔ BÃO NÃO...!   (risos)

Brincadeiras à parte, porque segunda feira não é dia de brincadeira (é dia fúnebre  kkkkk), tenham todos(as) uma semaninha de muita luz, alegria  e trabalho produtivo.

Beijões a todos(as).
õ[õ Jota-A

.


NECESSAIRES FLORAIS 
(parte 2)

Porque é primavera...
tempo de flores, cores, perfume, catapora (é serio...), ensejos e desejos...


.


Parabéns pra' você...

Ontem (22) foi niver da minha filha Sheila. 27 anos.
Ela não, mas eu sim tô ficando véio... (risos).
Era desejo dela ter uma caixa decorada. Fazer o que então?
Claro...!!!!!

17 de out de 2011

.


É primavera...



Pois que todos verão:
Há que arar no outono,
plantar no inverno,
e colher em lindas primaveras
õ[õ
 Jota-A

“É o pólen que vem do ar e enche de mel nosso olhar... é primavera”
Zé Pretim










15 de out de 2011



.
PÁLIDO TEMPO
de um tempo que se foi...
Era em um tempo em que o tempo não tinha pressa das horas.
O estático relógio amarelo, de pulseira furadinha, tinha os ponteiros fixos,
e teimava em mostrar a hora solene: 2:45h... 14:45h... às vezes indicava
que faltavam apenas quinze minutos para completar a 3ª hora do dia.
Hora inalcançável.
Tempo lento de um tempo em que era menina e que brincava ao tempo...
Imaginava tempos em que haviam castelos com dragões, princesas que nunca
virariam rainhas, e a vida eterna...
Às vezes sonhava que os ponteiros avançavam rapidamente, céleres.
O ponteiro grande, veloz, ultrapassava por intervalos de tempo de hora o
ponteiro pequeno, esse lento... mas tempo suficiente para ser capaz
de torná-la mais adulta, deixar para trás os seus 5 anos para atingir a maturidade dos 6.
Ah...! há quanto tempo foi isso? Eram bons tempos!
Pensava que talvez com os seus 6 anos ganhasse um novo relógio,
de uma nova cor (rosa talvez), com uma pulseira igual a que
tinha visto numa revista antiga, tempos atrás...
A sorridente moça tinha-o no pulso da mão esquerda que segurava o guarda-sol
(ou seria um guarda-chuva?). Não importa.
Sabia que era para prevenir-se de tempos de muito sol ou de muita
chuva...qualquer tempo. Mas este sim, teria ponteiros móveis que
a permitissem avançar o tempo; não mais só 2:45h.
Queria comandar aqueles ponteiros que insistiam em comunicar-lhe que
faltavam apenas 15 minutos para alguma coisa, contradizendo o sol.
Precisava desemperrar aquele pequeno estorvo ao lado do relógio,
estorvo amarelo de um relógio amarelo que não evoluiu, parou no tempo.
Evolução muda de cor, muda para rosa, azul, branco...
Com 6 (talvez 7, não mais!), ganharia um novo e também sorriria
ao sair com o seu guarda chuva a proteger o relógio.
Poderia então pegar o pino da corda com dois dedos e puxá-lo,
tornando-se dona do tempo. Tic... tac... tic.. tac...
Tivesse a capacidade de visualizar o futuro, dom da premonição,
ficaria com o relógio antigo... sem o tempo a compassar no ritmo de tic tac's...
Seu corpo é um relógio vivo.
Seu coração já sonorizou quatrilhões, octilhões, decilhões de tic tac's...
Tempo de uma vida, uma vida inteira vivida em amarelo,
tempo que não volta em errôneos tac tic's.
Fecha os olhos.
Lembranças vagas passeiam como aves de rapina a agourar-lhe
o pouco tempo que ainda lhe resta.
Não teve rosa.


Ficou sem azul.


Uma vida em branco...


T
I
C




T
A
C
.
.
.


õ[õ Jota-A
Out/11

10 de out de 2011





BOLSA INFANTIL
- Taylor -
Bolsa para a mamãe carregar os
pertences do Taylor (1 aninho).
.


Que dia é hoje?
TÔ BÃO NÃO!

Sabe... 
aquela sensação de estar no lugar errado e na hora errada?!
Ô dia intrigante, sô... 
(não gosto de segunda feira nem quando estou de férias...) :))
E digo mais: 
pior sexta-feira ainda é muitíssimo melhor
do que a melhor segunda-feira. Kkkkk
Tenham todos uma maravilhosa e alegre semana...
Uma semana de muita luz e trabalho produtivo.
Bjssssss a todos.

7 de out de 2011

.


(suspiro...!)

Sei lá... eu tô assim.. 
(suspiro).
Num sei... 
(suspiro de novo)
Vagabundagem, não!
Vou continuar ouvindo Rosa Passos (linda)...  
quem sabe piora (rs)!
.
.
.
Beijos

.


Mais uma...
maletinha necessaire multifunção
(e que nome...! kkkk)

E a Jhenne quis assim...
Alça grande (para ombro), regulável.
Foi entregue e adorei o sorriso dela...

Para quem acha que minha modelo não sorrí... um sorriso lindo. 


6 de out de 2011

.


Obrigado, Steve Jobs...



Tenho comigo a opinião de que ninguém nasce gênio.
Acredito sim, nascemos com certas aptidões ou com predisposição a fazer algo, 
digamos, dif≠rente.
Mas isso de pouco valerá não for a determinação “convicta” para a iniciativa 
ao trabalho incessante... a obstinação! Esse, sim, é o gatilho que detona, 
que bate na “espoleta” para que essa aptidão nata se manifeste.
Claro que uma combinação de outros fatores podem até interferir, 
mas de nada valerá sem a grande vontade ao trabalho. 
Por isso não acredito em sorte!
Steve Jobs foi um desses homens bem dispostos ao trabalho 
que mudou radicalmente  nossa forma de comunicar. 
Não falarei de sua trajetória; temos o Wikipédia e outros tantos 
sites que nos proporcionam isso... essa é a nossa nova comunicação.
Para quem a morte era a maior invenção da vida, 
acabou-se por render à ela aos 56 anos.
Obrigado, Steve Jobs.

5 de out de 2011

.


Mais uma "big bag"
Também conhecida como bolsa família
(não aquela... a do governo...)


Para a roupinha da
JULIA EMANNUELLY



.


Mais alguns...

Porta batons - capacidade para 4
100% E.V.A.








3 de out de 2011

.


TÔ BÃO NÃO !!
porque ontem foi domingo ...
... e terça feira só amanhã


Amanhã é terça-feira, ontem foi domingo.
Que pena!
Se eu continuar assim, tabão. Sonho lindo...
Mas não me acorde... ah... cê num tem coragem pra´ isso. TÔ BÃO NÃO!!!
__________________________________________________________
Porque segunda feira é un fenômeno que nón ecxiste...
Aliás, sabe qual a única vantagem desse fastidioso dia? 

É que ele é o dia que está mais longe da próxima segunda feira.
Kkkkkkkkkk.
Um beijão no seu coração e uma ótima semaninha.
Domingo - segunda - terça - quarta - quinta - sexta - sábado